Follow by Email

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Eu não preciso de alguém para me apontar quando erro. Tenham certeza que sei muito bem quando estou errada. Mas nem sempre é possível acertar e às vezes é preciso errar. Eu não preciso da permissão de alguém para cometer erros. Pode deixar que eu mesma me permito. Eu não quero ter alguém me dizendo o que fazer. Vou fazer o que eu tiver vontade. Não estou sempre disposta a ouvir, a ajudar, a ter soluções para tudo e para todos, a ter ideias, a ser bem educada, a sorrir para tudo, a concordar com todas as atitudes ao meu redor. Eu também preciso que me ouçam, que me ajudem, que me dêem soluções quando eu peço, que me dêem ideias, que sejam educados se querem que eu faça o mesmo, que sorriam quando eu precisar de um sorriso, que concordem quando perceberem que estou certa e que entendam quando eu não concordar. Eu não preciso de alguém que não goste de mim. Eu sei que nem Deus agradou a todos e não serei eu que vou agradar. Mas já tenho criticas e caras feias a me olhar o suficiente. Eu preciso que gostem de mim como sou. E eu sei que é difícil por que se eu não fosse eu mesma, não sei se gostaria de mim. Eu não preciso de alguém para apontar os meus defeitos. Só pelo fato de eu ser mulher já é de se esperar que eu viva vendo defeito, mesmo onde não existe. Por que não apontar minhas qualidades? Eu sei que tenho muitas. E sou modesta sim, porque?!. Mas eu canso de só me falarem do ruim. Que eu saiba o elogio não está em extinção. E eu como qualquer outra mulher que se goste, gosto muito de elogios. Criticas são bem vindas, mas hoje não, obrigado. Eu não preciso de alguém para preencher um espaço vazio. Eu preciso de alguém que saiba ocupar o espaço onde eu permiti entrar. Eu não preciso de um amigo para me copiar e fazer as mesmas coisas que eu. Eu preciso de alguém que me mostre coisas diferentes, que me mostre outro lado, que me faça ver o que eu não enxergo e que seja diferente para me fazer achar graça no que ainda não acho. Eu não quero que me digam o que já estou cansada de saber. Odeio lições de moral de qualquer babaquinha que acha que sabe muito sobre a vida, que sempre acha que está certo, que se acha a criatura mais inteligente do universo e que adora ser o centro das atenções e melhor que o mundo. Da um tempo. Se for pra me dizer o que eu já sei, por favor é melhor não falar. Eu quero que saibam conversar sem menosprezar o que as outras pessoas pensam e que não se sintam mal se alguém sabe sobre algo melhor que você. Por favor pare de falar o '' eu também '' para ficar se comparando aos outros. O mundo não gira em torno do seu umbigo e muito menos do meu, graças a Deus. Eu só preciso que tente me entender e se não conseguir que me não tente adivinhar o que se passa dentro de mim. Por que estou cansada de ouvir o que as pessoas acham que eu quero e o que vou fazer sem nem mesmo certas coisas terem passado pela minha cabeça.
Débora Souza - 01.09.08

12 comentários:

  1. sempre vejo teu blog, adoro, agora tenho meu também olha lá
    www.ambulatoriotv.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Algumas pessoas acham saber o que somos, sentimos, queremos, faremos e isso às vezes cansa [Pra não dizer:"dá no saco"].Se acham os donos da "NOSSA" razão. Então...

    "Escuta:eu te deixo ser. Deixa-me ser,então."
    [Clarice Lispector]

    Beijinhos e \0/ upaaa!

    ResponderExcluir
  3. Amei a frase Ni. Vou colocar no blog. Bjuuuuuuuuuu

    ResponderExcluir
  4. É, sempre tem um palpiteiro chato de plantão cuidando da nossa vida...

    ResponderExcluir
  5. odeio dedo apontado pra minha cara... mas eu nunca cometo os mesmos erros com tados novos erros que ainda posso cometer.

    rs

    ResponderExcluir
  6. Você vai achar que está fazendo tudo certo mas mesmo assim, as pessoas vão te julgar de qualquer maneira.
    Faça o que achar melhor e acostume-se com os dedos apontados.
    bj

    ResponderExcluir
  7. Debora Souza é você? De qualquer modo, é um texto muito legal. Todos nós queremos isso, né? Liberdade. Mas tem uma frase da Clarice Lispector que eu gosto muito: "Toda liberdade tem que ser conquistada. Se me dão a liberdade, estão me mandando ser livre".
    Beijos, querida

    ResponderExcluir
  8. Tem selinho lá pra você!!
    Beijinnhos!!

    ResponderExcluir
  9. Essa frase é um "cala boca". [Risos]
    Eu gosto muito dessa frase e fico feliz que você também tenha gostado.

    Beijinhos e Upaaa!

    ResponderExcluir
  10. Olá!!

    Hoje meu blog completa seu 1º ano!!

    Tantas coisas boas, tantas emoções e tantos laços de amizade!!

    Agradeço a Deus e à vocÊ, pelo carinho e respeito e por sempre passar no meu cantinho deixando ele mais alegre e florido!!

    Mil beijos

    ResponderExcluir
  11. oie...deixei uns selinhos lah no blog pra vc...
    bjoos

    ResponderExcluir