Follow by Email

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Madura? Por que não verde?

Já ouvi muitas vezes as pessoas me dizerem que sou madura para a minha idade. "Tenho 24 anos, não deveria ser?"
Ouço isso desde sempre. "Sempre mesmo, é sério."
Ta pensando que isso é bom? "Bom é comer chocolate até vomitar." (Já fiz isso)
Não é bom nada. A impressão que tenho é que as pessoas menos maduras, aproveitam mais a vida do que eu.
Quando ouvi isso 3 vezes na mesma semana, parei pra pensar qual era a vantagem de não ser mais "verde". "Não encontrei nenhuma."
O que acontece é que jogam tudo em suas costas por que você é maduro e vai saber "administrar" sabe?! Até que começa a pesar e você cai com toda a bagagem, por culpa do peso, e as criaturas olham pra você e dizem "Mas como? Tu?" " Eu sim. E daí? Carrega tudo que eu carrego pra ver se tu não rola lomba abaixo?"

Que merda! As vezes eu odeio a confiança que as pessoas colocam em mim. Eu não sou tão responsável assim. "Ok, eu sou um pouco. Mas por que? Não quero apodrecer por ser tão madura."
Ah, se eu fosse mais verde.....

Débora Souza 28.10.2010

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

PQP

Eu sei que estou diferente. Mas é que tudo parece ter mudado de lugar sem se mexer.
Tem muita interrogação aqui dentro. Muitos caminhos. Muito tudo. Muito medo de pegar o caminho errado, entrar na selva e não conseguir sair.
Eu sei que tenho a mania de pegar o caminho mais longo, sem querer. Lei de Newton sabe?
Mas eu sou assim mesma. Vou pra vários caminhos, nenhum é bom o bastante e estou sempre perdida. Mas engano bem. Eu sei.

PQP. Que merda de interrogação. AAAAAAAAAAAAHHHHHH



Débora Souza 14.10.10

sábado, 9 de outubro de 2010

RECOMENDO

Livro: Leonilson "São tantas as verdades"



Ótimo livro
História do Artista Plástico Leonilson 1957-1993

Trecho do livro: "a palavra entrou realmente nos trabalhos. Eu estava muito apaixonado. Ficava sozinho, sem saber direito o que fazer. Então pensei em escrever nos desenhos em vez de ficar escrevendo em cadernos." (depoimento do artista)

Leonilson, pra mim, foi o artista das palavras. Vale a pena ler.