Follow by Email

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Selinho DOCE


Esse selinho lindo ganhei da querida e doce Ni do blog Transbordando Palavras. Amo o blog dessa menina. Amo tudo lá.
As regras são: Citar 9 características minhas, depois dizer meu doce favorito e em seguida indicar outros blogs doces para repassar esse selinho.
1 Curiosa
2 Teimosa
3 Simpática
4 Inteligente
5 Desastrada
6 Neurótica
7 Abobada
8 Linda
9 Modesta
Os blogs que indico são
Bjuuuu

domingo, 25 de outubro de 2009

Tentando me encontrar

Alguém me viu por ai?
Pois me perdi faz algum tempo e não sei onde me achar
Nem sei quando me perdi
Estava tão distraida que nem vi quando fugi

Alguém me ajuda a procurar?
Vou dar dicas onde pode me encontrar
Comece na companhia de amigos antigos e que estão distantes agora
Depois vá até a minha antiga escola onde passei bons momentos
Se não me achar por lá, tente nas festas onde me acabava dançando
Não esqueça de minha casa preferida onde vivi minha infância e tenho muita saudade

Se eu já tentei procurar?
Claro. Vivo a procurar
Procurei em novos amigos
Procurei em sonhos, músicas e momentos por ai
Procurei no meu sorriso e até no meu olhar, mas eles também se perderam e também estou a procurar
Se me roubaram, não sei
Mas por favor eu preciso encontrar
O caso é urgente, pois estou a definhar
Me falta meu eu para continuar a caminhar e não parar sem tentar

Débora Souza 31.07.08

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Have you ever really loved a woman?

Se você realmente ama uma mulher fale a ela. Não apenas eu te amo. Fale a ela o quanto ela é importante pra você. Fale que você não viveria sem ela. Fale que comer sorvete no pote sem ela não teria a menor graça. Fale que você faria tudo por ela principalmente quando ela estiver na TPM (esteja preparado para as conseqüências). Fale o quanto você sente a falta dela quando não estão juntos, que só olhar as fotos dela não basta, que você precisa dela. Fale que ela será amada pra todo o sempre por você. Fale o quanto você a acha linda, o quanto a acha engraçada, o quanto se sente bem e vivo ao lado dela. Fale que você se importa com ela, com os interesses dela, com os sonhos dela, com o que ela escreve , pensa e fala. Fale tudo que você sente por ela e fale a verdade. Mas não fale apenas. DEMONSTRE também. Se você realmente a ama e não quer perdê-la saiba que um eu te amo NÃO BASTA. Pegue-a no colo. Leve-a para jantar. Aguente a família chata dela. Vá a uma festa. Tente reconquistá-la todos os dias. Não deixe o amor cair na rotina. Faça de conta que vocês se conheceram ontem, mesmo que anos tenham se passado. Beije-a sempre como o primeiro beijo de vocês. Abrace-a como se nunca quisesse soltá-la. Dê carinho. Tente entendê-la. E por favor, faça um esforço para adivinhar o que ela quer. Mas não queira que ela adivinhe o que você sente. Você já amou realmente uma mulher? Se já, ela precisa saber que você realmente a quer.

Débora Souza 10.09.08

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

...,

Eu odeio frio e não durmo de meias


É da natureza do ser humano falar de mais até mesmo quando não tem o que falar. Eu me calo aqui pra não encher esta página de besteiras.




terça-feira, 13 de outubro de 2009

Eu tentei ler Moby Dick


Sabe quando você pega um livro e não consegue mais largá-lo?!
Você sabe né! Todos que amam ler sabem
Se você não sabe é porque ainda não encontrou AQUELE livro
VINHAS DA IRA foi o livro que me segurou quando não devia ter me segurado
E lá estava o professor dividindo os capítulos de dois livros para um seminário em sala de aula
VINHAS DA IRA e MOBY DICK
Vinhas da Ira era o primeiro a ser lido, resumido e comentado
Minha preça e vontade de ler fez com que eu fosse correndo atrás de Vinhas da Ira
E eu lia todas as horas que me fossem possíveis.No almoço, no jantar, no tempo livre em meu trabalho, no ônibus, na cama onde podia ver os papeis colados na cabeceira com palavras traduzidas e espressões para as provas de Gramática, na rua e até no banheiro.
Mas se tem algo que nunca consegui fazer com um livro é lê-lo rápido
E Vinhas da Ira não foi só devagar
Vinhas da Ira foi lento, muito lento. Uma lentidão que tinha o gosto do NÃO ACABE, POR FAVOR.
Eu li e reli VINHAS DA IRA.
E MOBY DICK? Ai está. Eu esqueci Moby Dick. Eu tentei ler Moby Dick.
O tempo era curto e eu estava lendo novamente Vinhas da Ira sem querer parar para ler Moby Dick.
Fiz meus resumos, dos dois livros. Enrolei no seminário. Não convensi muito o professor pois ele é muito inteligente e sabe no que me aprofundei. Me formei com sorte, faz um ano. E eu não li MOBY DICK.
Sei que perdi a mágia dos navios baleieiros mas eu prometo que um dia vou ler Moby Dick, pois ainda estou tentando.
Desculpe professor...Eu tentei ler MOBY DICK.


Débora Souza 18.07.08

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

De mim para mim mesma


Debora, minha querida Debora
Para que se lamentar tanto se você tem o que precisa?
Pra que olhar para trás quando o mundo está a sua frente, coisas melhores estão esperando por você e você está ai se perguntando porque não foi assim?
Meu anjo, olhe ao seu redor e veja o que a vida lhe oferece
Olhe ao seu redor e veja quantos rostos lindos lhe sorriem todos os dias.O que? Sim eu sei Debora, eu sei que nem todos os sorrisos são sinceros e muitos são debochados, toscos, irritantes, amarelos, banais e repetitivos como você pensa.Mas Debora, minha querida Debora quem lhe disse que seu sorriso é sempre verdadeiro Debora?!
Eu sei querida, eu sei que 90% de seus sorrisos são verdadeiros, mas você tem que admitir meu bem...que quando você não quer sorrir seu rosto também parece irritante aos olhos de muitos.
E seu sorriso? Quando você sorri com tristeza para aquele rapaz que você sabe quem, seu sorriso é triste e sem vontade.Mas também tenho que admitir que quando você sorri para ele com felicidade, meu bem, seu sorriso é o mais verdadeiro que já vi.E é, você tem razão em dizer que as vezes ele merece um sorriso triste.
E ele Debora?!Já que estamos falando nele, vamos a fundo Debora.Nãoooooo, nem pense em fugir do assunto.Debora você ama este rapaz.Você ama sim Debora, mas o amor meu anjo, o amor é estranho, mais estranho do que você meu bem.Ok, estranho é meu passado.Mas voltando ao amor, meu anjo o amor tem tantas surpresas e muda tanto de ideia que você deve parar de se preocupar tanto e viver mais, beijar mais esse menino enquanto vocês se amam.Você não sabe se ele lhe ama? E dai? Desculpa, mas e dai mesmo.Você se ama, sua família lhe ama e é isso que importa.
Falando em família.Querida se você não parar de brigar com sua mãe você não vai parar de brigar com você mesma meu bem.E suas irmãs? Adriana, ah que coração bom, sempre foi uma mãe pra você, então Debora escute-a mais Debora, não adianta só amar.
E sabendo que não adianta só amar Debora, você já sabe o que vou dizer, converse mais com a Lilian.Vocês tem muitas coisas em comum, apesar de não concordarem em quase nada e ser muito difícil manter um diálogo sem brigas por muito tempo.
E seu pai Debora?!Vocês se amam sim e pare de julgar Debora.Sobre ele é só o que tenho a lhe dizer e sei que basta para você entender.
Trabalhe, viva, mude, sonhe e Debora, por favor meu anjo eu lhe suplico, pare de se preocupar com o futuro, eu sei que você deve planejar algumas coisinhas para o futuro, mas Debora, Não se preocupe tanto, porque o futuro querida é o amigo mais traiçoeiro e falso que você tem.As vezes Debora o futuro lhe passa rasteiras, te empurra, te testa e até te abandona.Mas não pense nele Debora. Apenas viva o presente Debora que é um amigo meio louco e inconsequente mas que no momento é seu.
Um dia você vai ter um cachorro novamente. Sim, sim o nome dele pode ser Jimmy, Jimmy Newton e ele vai ser cabeçudinho sim.
Você vai ser Artista Plástica e o que lhe contenta é o prazer de colocar no papel a vida que é tão difícil, de uma forma mais bonita, colorida e do seu jeito.E que jeito estranho que você tem de ver a vida.Desculpa.Eu sei que você já me disse que estranho é meu passado, não Debora, estranha sou eu mesma.Graças a Deus. Agora você ri né?! Eu sabia que você adora ser assim, do seu jeito , estranha. Estranha, mas interessante e sempre com uma surpresa.
Menina, ninguém consegue adivinhar o que pensa, o que você escreve, sobre quem você escreve. Debora ninguém lhe entende, ninguém lhe decifra, ninguém lhe conhece e você gosta disso e ainda ri, você ri muito disso Debora e não tem como não rir com você.
Amigos Debora? Você tem poucos. Inveja Debora? Sempre existirá. Mas ninguém lhe derruba e você tem que saber disso.
Aquele amigo distante sempre estará em seu coração e você no dele.
Debora o importante é que você se ama e eu te admiro por isso.
E dê mais abraços meu bem, eles tem um poder imenso...você tem dificuldade, eu sei, mas você consegue, você sempre consegue. E eu te amo por isso.


Débora Souza 17.07.08